Os tripulantes do ônibus espacial Endeavour ajustaram nesta sexta-feira o último módulo de conexão da Estação Espacial Internacional, encerrando assim mais de uma década de montagem estrutural do complexo orbital.

Na primeira das três caminhadas espaciais previstas para os 13 dias de missão do Endeavour, os astronautas Robert Behnken e Nicholas Patrick prepararam o módulo de 18 toneladas para ser transferido da baia de carga do ônibus para a estação.


ISS é vista do ônibus espacial Endeavour (09/02) / AP

Seus colegas Kay Hire e Terry Virts então usaram o braço mecânico da estação para colocar o módulo no chamado "nó Unity", no que seria a última grande tarefa de montagem na parte norte-americana do complexo orbital, um empreendimento de US$ 100 bilhões e 16 países, que vem sendo construído desde 1998 a 354 quilômetros de altitude.

Observando o deslocamento da peça no espaço, Behneken comentou que "parece que está chegando lá realmente bem, legal e tranquilo".

O Endeavour partiu do Centro Espacial Kennedy na segunda-feira, levando o módulo de conexão, chamado Tranquility, e um posto de observação com sete lados, a ser instalado nesta semana.


Imagem mostra o ônibus espacial acoplado à ISS. Foto postada pelo tripulante japonês Soichi Noguch no twitter  (Imagem/Soichi Noguch)


O Tranquility, fabricado na Itália, deve seu nome ao local da Lua onde os astronautas dos EUA fizeram seu primeiro pouso, em 1969.

O módulo será preparado como um segundo espaço habitacional para os tripulantes fixos da estação, com banheiro, gerador de oxigênio, filtro de ar e sistema de reciclagem de água.

A Nasa ainda fará quatro missões até a estação até o final do ano, quando deve aposentar sua frota de três ônibus espaciais.

Leia mais sobre Estação Espacial

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.