Astronauta chinês sai pela primeira vez ao espaço

O astronauta chinês Zhai Zhigang flutuou no espaço durante 15 minutos, na primeira caminhada espacial da história da China, segundo imagens transmitidas ao vivo neste sábado pelo canal central.

AFP |

A saída, iniciada às 08H45 GMT, durou menos tempo que o previsto, pois os responsáveis da missão Shenzhou VII haviam programado uma saída extraveicular (EVA) de cerca de 20 minutos. Nenhuma explicação oficial foi divulgada a respeito.

"Shenzhou VII está agora fora da nave. Estou bem. Cumprimento daqui o povo chinês e o mundo inteiro", declarou ao Centro de controle o astronauta, de 41 anos, que se transformou no novo herói de 1,3 bilhão de chineses.

A agência oficial Nova China anunciou que esta façanha "foi um sucesso total".

A China se tornou assim o terceiro país a caminhar no espaço, tarefa que envolve sérios riscos, depois de Estados Unidos e ex-União Soviética.

Com meio corpo para fora do módulo, o "taikonauta" (homem do espaço na linguagem chinesa) acenou com a mão, recebendo aplausos no centro espacial de Jiuquan, no deserto de Gansu (noroeste), de onde decolou a missão na quinta-feira.

O astronauta agitou uma bandeira chinesa, em um gesto muito simbólico que marcou a chegada da China ao seleto grupo das grandes potências espaciais.

A missão Shanzhou VII, de 68 horas de duração, voltará á Terra domingo e aterrissará na Mongólia interior.

pt/lm

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG