Asteróide gigante passa bem perto da Terra

Um asteróide de tamanho semelhante ao que caiu em Tunguska, na Sibéria, em 1908, provocando uma explosão com a força de mil de bombas atômicas, passou bem perto da Terra na segunda-feira, informaram astrônomos nesta terça.

AFP |

O asteróide 2009 DD45, que tem entre 21 e 47 metros de comprimento, "roçou" o planeta às 13h44 GMT de segunda-feira, segundo o site da Sociedade Planetária. A notícia apareceu também em vários blogs de astrônomos de todo o mundo.

Seu tamanho estimado é semelhante ao do asteróide ou cometa que explodiu em Tunguska, na Sibéria, no dia 30 de junho de 1908, destruindo 80 milhões de árvores em uma extensão de mais de 2 mil quilômetros quadrados.

O 2009 DD45 foi localizado no sábado passado pelos astrônomos do centro de vigilância de Siding Spring, na Austrália, e então verificado pelo Centro Internacional Astronômico de Planetas Menores (MPC), que cataloga os corpos do Sistema Solar.

Segundo esta lista, o asteróide que chegou mais perto da Terra até hoje foi o 2004 FU162, de aproximadamente seis metros, que passou a 6.500 quilômetros de nosso planeta em março de 2004.


Leia mais sobre asteróides

    Leia tudo sobre: asteróides

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG