Asteróide deve queimar antes de chegar à Terra

WASHINGTON (Reuters) - Um pequeno asteróide descoberto na segunda-feira por um observatório do Arizona vai atingir a atmosfera terrestre sobre o Sudão nas próximas horas, mas deve se queimar antes de atingir o chão ou ameaçar aeronaves, segundo astrônomos. O asteróide deve, entretanto, criar uma enorme bola de fogo por volta de 23h46 (hora de Brasília), segundo a equipe do Centro Smithsoniano de Harvard para a Astrofísica.

Reuters |

"Queremos salientar que esse objeto não é uma ameaça", disse Timothy Spahr, diretor do Centro de Planetas Menores de Harvard, ligado à União Astronômica Internacional.

"Estamos entusiasmados, porque é a primeira vez que emitimos uma previsão de que um objeto vai entrar na atmosfera da Terra", acrescentou Spahr em nota.

Esse chamado meteoróide tem entre 1 e 5 metros de diâmetro. "Um típico meteoro vem de um objeto do tamanho de um grão de areia", disse Gareth Williams, também do Centro de Planetas Menores. "Este meteoro será realmente extraordinário."

Ele será visível apenas no leste da África e vai se evaporar sobre o Sudão, segundo os cientistas. "Realmente torcemos para que alguém consiga fotografá-lo", disse Williams.

(Reportagem de Maggie Fox)

    Leia tudo sobre: asteróide

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG