Associação acusa Israel de censurar trabalho de jornalistas em Gaza

Jerusalém, 10 nov (EFE) - A Associação da Imprensa Estrangeira em Israel expressou hoje preocupação com a censura adotada pelo Governo israelense na Faixa de Gaza que já dura cinco dias e impede que os jornalistas entrem no território palestino.

EFE |

"É absolutamente essencial que os jornalistas estrangeiros possam entrar no território e divulgar suas notícias e informações a Israel e ao resto do mundo", diz um comunicado divulgado pela associação.

As passagens que ligam a Faixa - onde moram 1,5 milhão de pessoas - ao mundo exterior permanecem fechadas desde a semana passada, em resposta aos ataques com foguetes por parte de milícias palestinas.

Os ataques ocorreram após Israel ter realizado, na noite da última terça-feira, uma incursão na Faixa de Gaza para destruir um túnel que, segundo o Exército israelense, seria empregado pelas milícias para capturar soldados.

Os ataques e contra-ataques registrados desde então ameaçam pôr fim ao período de calma que reinava na região desde junho, quando Israel e o Hamas, que governa a Faixa, assinaram um acordo de cessar-fogo sob a mediação do Egito.

O ministro da Defesa de Israel, Ehud Barak, decidiu hoje manter fechados os cruzamentos e passagens industriais a Gaza porque os ataques com foguetes não pararam, informaram fontes oficiais.

A associação da imprensa lamentou que "o Governo israelense não tenha oferecido qualquer explicação plausível para estender a medida", e destacou que "as atuais hostilidades não requerem restrições aos jornalistas".

Além disso, advertiu de que alguns doentes continuam entrando e saindo de Gaza, o que "demonstra que as passagens seguras são possíveis".

Antes de denunciar que a medida é uma "séria violação à liberdade de imprensa", a associação destaca que a atual situação na qual o cessar-fogo está sendo colocado à prova, e a falta de combustível que ameaça gerar uma nova crise humanitária em Gaza, são essenciais para permitir "à imprensa fazer seu trabalho". EFE db/db

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG