Assessores negam que McCain desconheça Zapatero

Washington, 18 set (EFE).- Após John McCain supostamente ter se confundido em uma entrevista sobre quem é José Luis Rodríguez Zapatero, presidente do Governo espanhol, a assessoria do candidato republicano desmentiu o fato e assegurou que ele sabia exatamente a que pessoa se referia.

EFE |

Vários jornais afirmam que na entrevista realizada em inglês pela "Radio Caracol", em Miami, McCain deu a entender que tem problemas para situar geograficamente onde se localiza a Espanha e ideologicamente o chefe de Governo do país europeu.

Segundo o "Washington Post", McCain pareceu misturar "José Luis Rodríguez Zapatero e outros líderes opostos aos Estados Unidos, como os de Venezuela, Bolívia e Cuba".

Como explica a revista "Time", as vagas respostas de McCain na entrevista fazem parecer, "como concluiu a imprensa espanhola", que ele confundiu a Espanha - um membro pleno da Otan e um aliado na luta contra o terrorismo - com alguns Estados latino-americanos.

Porém, um dos assessores de McCain, Randy Scheunemann, deixou hoje claro que "o entrevistador perguntou várias vezes sobre a vontade do senador" de se reunir com Zapatero, e o candidato "o identificou muito bem, por isso que não há dúvida" de que ele "sabe exatamente sobre quem estava se referindo".

Ainda na entrevista, o jornalista insistiu diversas vezes em saber se McCain receberia Zapatero na Casa Branca. Entretanto, o candidato respondeu que somente receberia "os amigos que querem cooperar".

Quando o jornalista insistiu sobre a questão se McCain convidaria o presidente Zapatero, o senador se referiu aos líderes do "hemisfério", termo que o Governo americano utiliza para falar sobre a América Latina.

"Tenho um amplo histórico de trabalhar no hemisfério com os líderes que são nossos amigos. (...) e isso se avalia em função da importância de nossas relações com a América Latina e com toda a região", disse McCain.

O jornalista, por mais que tenha repetido a pergunta, não conseguiu que McCain se referisse concretamente a Zapatero. EFE pgp/rb/rr

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG