Assessora e amiga de Obama pode substituí-lo no Senado

Washington, 10 nov (EFE).- A advogada Valerie Jarrett, uma assessora próxima e membro da equipe de transição do presidente eleito dos Estados Unidos, Barack Obama, pode substituí-lo na cadeira que ele deixará vaga no Senado, informou hoje a imprensa local.

EFE |

O nome de Jarrett, advogada e líder cívica de Chicago, ganhou força na imprensa americana perante informações de que Obama quer que ela o substitua no Senado.

Vários veículos, como a cadeia televisiva "CNN" e o diário "The New York Observer", informaram que uma fonte próxima a Obama disse que Jarrett é sua favorita para substituí-lo.

Mas a decisão, em todo caso, deverá ser tomada, de acordo com a lei estadual, pelo governador de Illinois, o democrata Rod Blagojevich.

Blagojevich disse que não está interessado no cargo e seu escritório começou a tarefa de revisar o currículo das pessoas que mostraram interesse no posto.

Durante um programa da cadeia "ABC" ontem, o novo chefe de Gabinete de Obama, Rahm Emanuel, disse desconhecer os relatórios sobre Jarrett, a quem qualificou como "uma aliada valiosa".

"É uma amiga muito querida do presidente eleito e uma aliada valiosa, não só antes que Obama concorresse à Presidência, e em sua vida no Senado, mas pessoalmente para Barack e Michelle", disse Emanuel.

Entre os nomes ventilados para completar o mandato do senador Obama até 2010 figuram, além de Jarrett, os legisladores Jesse Jackson Jr. e Luis Gutiérrez, a procuradora-geral de Illinois, Lisa Madigan, e o tesoureiro estatal Alexi Giannoulias. EFE mp/rr

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG