Assessor do Ministério da Cultura iraquiano é morto a tiros em Bagdá

BAGDÁ - Um dos assessores do Ministério da Cultura iraquiano foi morto a tiros neste sábado, e seu motorista ficou gravemente ferido, em uma emboscada feita por um grupo armado em Bagdá, informaram fontes policiais.

EFE |

Segundo as fontes, o ataque aconteceu quando Kamel Shayaa e seu motorista estavam em um automóvel em uma estrada do centro de Bagdá.

Além disso, três soldados iraquianos ficaram feridos na explosão de uma bomba que atingiu um quartel do Exército iraquiano na região de Al-Azamiya, no norte de Bagdá.

As fontes, que disseram desconhecer os autores do ataque, afirmaram que a explosão da bomba causou danos nas dependências do centro militar.

Embora a violência tenha diminuído visivelmente em Bagdá este ano, ela ainda persiste, apesar do plano de segurança para a capital, que entrou em vigor em fevereiro de 2007.

Dezenas de milhares de soldados americanos e iraquianos fazem cumprir o dispositivo, que tem como objetivo pôr fim definitivo aos atentados cometidos pelos grupos terroristas. EFE ah/wr/db

    Leia tudo sobre: iraque

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG