Assessor de Obama aposta em crescimento do PIB no 2º semestre

Washington, 2 ago (EFE).- O assessor econômico da Casa Branca, Lawrence Summers, afirmou hoje que é muito provável que a economia americana cresca nos próximos seis meses, após quatro trimestres consecutivos de retração.

EFE |

Summers fez a declaração no programa "Meet the Press", da rede de TV "NBC", depois que nesta semana foi anunciado que o Produto Interno Bruto (PIB) encolheu 1% no segundo trimestre, bem menos que nos dois trimestres anteriores.

O Departamento de Comércio também revisou de 5,5% para 6,4% a contração registrada entre janeiro e março.

Segundo Summers, a recuperação da indústria após uma forte queda nos estoques e o plano para estimular a compra de automóveis impulsionarão o crescimento na segunda metade do ano.

O conselheiro da Casa Branca se mostrou otimista, mas prudente, já que admitiu que o desemprego continua alto (9,5%) e que talvez seja preciso esperar até 2010 para ver esta taxa diminuir.

Para Summers, a economia americana "já se afastou da situação na qual estava há seis meses, mas ainda falta tempo para que isso se reflita no emprego". EFE elv/sc

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG