O objetivo estabelecido pelo G8, de reduzir em 80% as emissões de gases poluentes dos países ricos até 2050, é inaceitável para a Rússia, afirmou um assessor econômico do presidente Dmitri Medvedev nesta quarta-feira.

"Para nós, 80% é inaceitável e provavelmente impossível", disse à imprensa Arkady Dvorkovich.

"Não iremos sacrificar crescimento econômico pelo bem da redução das emissões", afirmou.

as/ap

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.