Assembléia do Nepal não consegue eleger primeiro presidente

KATHMANDU (Reuters) - A nova república do Nepal fracassou em eleger seu primeiro presidente no sábado, quando nenhum dos três candidatos conseguiu a maioria necessária para abrir o caminho para a formação de um novo governo. O Nepal vive em situação politicamente instável desde abril, quando ex-rebeldes maoístas venceram uma eleição histórica que não lhes deu a maioria, mas possibilitou a formação de uma assembléia especial que aboliu a monarquia de 239 anos.

Reuters |

As eleições para presidente são um passo-chave para a instalação do governo que deverá ser liderado pelos maoístas com o apoio de outros partidos políticos.

Mas, na votação de sábado, nenhum dos candidatos dos três principais partidos conseguiu os 298 votos necessários, assinalando a manutenção do entrave político.

'Ninguém conseguiu a maioria para presidente', disse Manohar Bhattari, secretário-geral da assembléia. 'Haverá uma nova eleição na segunda-feira.'

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG