Genebra, 14 mai (EFE).- A assembleia geral da Organização Mundial da Saúde (OMS) durará uma semana em vez de dez dias, por causa das exigências para combater a gripe suína.

A 62ª Assembleia Mundial da Saúde estava prevista que durasse de 18 a 27 de maio, mas encerrará no dia 22, segundo informa hoje o site da instituição.

Este corte de dias se deve a que os responsáveis de saúde dos 192 países que formam a OMS têm que se concentrar em lutar contra a gripe suína e em atenuar os efeitos da doença na população.

Além disso, as reuniões se concentrarão na eventual pandemia de gripe: troca de vírus, acesso a vacinas e coordenação mundial.

Está prevista uma reunião de alto nível no próximo dia 19 com a indústria farmacêutica, com a participação da diretora-geral do organismo, Margaret Chan, e do secretário-geral da ONU, Ban Ki-moon.

Os casos de contágios pela gripe suína no mundo todo informados até hoje são de 6,497 mil em 33 países, segundo o mais recente balanço da Organização Mundial da Saúde (OMS).

Apesar do nome, a gripe suína não apresenta risco de infecção por ingestão de carne de porco e derivados. EFE mh/an

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.