Assembléia Constituinte do Equador é reinstalada para estabelecer transição

QUITO - A Assembléia Constituinte do Equador foi reinstalada hoje para guiar um processo de transição que busca garantir a aplicação da nova Carta Magna do Estado, aprovada no referendo de 28 de setembro.

EFE |

A Constituinte, que estava em recesso desde 25 de julho, é integrada por uma maioria governista e deve escolher hoje os integrantes da Corte Nacional Eleitoral (CNE), do Tribunal Contencioso Eleitoral (TCE) e uma Comissão Legislativa, que terá caráter de Parlamento interino.

O CNE ficará encarregado de organizar as próximas eleições gerais, que acontecerão no primeiro trimestre de 2009, para designar o presidente e o vice-presidente da República, legisladores da Assembléia Nacional (Congresso) e outras autoridades de escolha popular.

Leia mais sobre Equador

    Leia tudo sobre: equador

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG