A Assembléia Constituinte aprovou na noite desta quinta-feira a nova Carta Magna do Equador, que concede ao presidente Rafael Correa amplos poderes.

A nova Constituição, que será submetida a referendo em setembro, foi aprovada por 94 dos 126 constituintes.

sp/LR

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.