Assassino em série ataca e mutila gatos no sul da Flórida

Miami, 4 jun (EFE).- As autoridades do sul da Flórida buscam uma pessoa que já assassinou cerca de 27 gatos e oferecem uma recompensa de US$ 7.500 a quem fornecer informação que permita prender o assassino em série.

EFE |



O caso mantém em pânico os donos de animais de estimação em Cutler Bay e Palmetto Bay, no condado de Miami-Dade, onde 25 gatos foram mutilados, esfolados e alguns tiveram os órgãos internos arrancados, de acordo com os relatórios policiais divulgados hoje.

Agora o chamado "assassino em série de gatos" aparentemente se transferiu para Lauderhill, em Broward, onde foram encontrados outros dois gatos mortos na quarta-feira e no sábado passado.

O capitão Rick Rocco da Polícia de Lauderhill informou que em um dos casos o animal mostrava cortes muito precisos, "tão precisos, que parecia que se tratava de alguém que sabia o que estava fazendo".

Outro dos gatos tinha um traumatismo na testa.

Nick Pimentel, porta-voz da Polícia de Miami-Dade, disse à Agência Efe que há a suspeita de que possam se tratar de jovens aos quais são impostos desafios para que formem partem de gangues ou outros grupos.

O assassino em série de gatos ataca de noite e joga os corpos dos animais nos jardins das casas, às vezes nas residências dos donos dos animais de estimação mortos.

Pimentel recomendou manter os gatos dentro de casa. EFE so/db

    Leia tudo sobre: assassinatoeuaflórida

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG