Um candidato do Partido Comunista do Nepal (maoísta) foi assassinado nesta terça-feira, segundo a polícia.

"Rishi Prasad Sharma não resistiu aos ferimentos enquanto era atendido em um hospital", afirmou o superintendente da polícia, Ram Kumar Khanal.

Até agora, não há suspeitos.

dds/cl

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.