Assad convida Obama a visitar a Síria

O presidente da Síria, Bashar al-Assad, convidou o colega americano, Barack Obama, para uma reunião em seu país, em uma entrevista ao canal britânico de televisão Sky News, no momento em que os dois governos começam a retomar as relações diplomáticas.

AFP |

"Os Estados Unidos têm um papel especial como principal potência. Penso que o presidente Obama deveria visitar tantos países quanto puder para estabelecer estes diálogos. E, certamente, isto inclui a Síria", declarou Assad a Sky News.

"Será bem-vindo na Síria, absolutamente. Sou muito claro a este respeito", completou o presidente.

Ao ser perguntado quando o encontro poderia acontecer, Assad respondeu que depende de Obama.

"Vou pedir a você que transmita o convite", declarou, sorrindo, ao jornalista da Sky News.

Em 24 de junho o governo dos Estados Unidos anunciou a decisão de enviar um novo embaixador a Síria, no último de uma série de gestos da administração Obama para uma retomada dos contatos diplomáticos entre os países.

O governo americano retirou seu embaixador de Damasco depois do assassinato do ex-premier libanês Rafic Hariri em 2005, crime pelo qual foi acusado o regime sírio.

cyb/fp

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG