Assad afirma que árabes não têm interlocutores com Israel

Os países árabes carecem de verdadeiros interlocutores no processo de paz com Israel, afirmou em Doha o presidente sírio Bashar al-Assad, um dia antes de Benjamin Netanyahu apresentar o novo governo israelense ao Parlamento.

AFP |

"A chegada de um governo de direita e extremista não muda nada, porque tanto a direita como a esquerda e o centro refletem todos uma realidade: a sociedade israelense não está pronta para a paz", declarou Assad na abertura de uma reunião de cúpula árabe.

"Isto significa claramente que enquanto a parte árabe, desde que lançamos nossa iniciativa de paz, não temos um verdadeiro interlocutor no processo de paz", acrescentou.

Assad se referia ao plano de paz, de inspiração saudita, adotado na reunião de cúpula árabe de 2002, que oferece ao Estado hebreu uma normalização das relações em troca da retirada israelense dos territórios árabes ocupados em 1967.

Israel nunca aceitou este plano, apesar de ter indicado que o mesmo tem elementos positivos.

bur-tm/fp

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG