Aspirante à vaga de McCain critica sua gestão no Senado

Tucson (EUA.), 18 fev (EFE).

EFE |

- O ex-vereador e ex-prefeito de Bell Gardens, Rudy García, que aspira a se tornar o primeiro senador federal hispânico do Arizona, questionou a gestão do ex-candidato presidencial John McCain, que deverá derrotar para ficar com a vaga.

García, original da cidade de fronteira de Nogueiras e descendente de mexicanos, lançou oficialmente sua candidatura no mês passado de outubro como candidato democrata ao senado dos Estados Unidos pelo estado do Arizona.

"Estamos vivendo tempos muito difíceis, em todo o país, por isso é o momento de escolher pessoas que realmente representem suas comunidades em Washington DC", disse à agência Efe García, que questionou o desempenho do senador republicano na Câmara Alta.

"O senhor McCain não votou ou não foi a votar em assuntos que foram muito importantes para o estado e para a nação", declarou o candidato.

Com mais de 20 anos de experiência no serviço público, García, de 71 anos, foi diretor-executivo do centro Willie C. Velazquez, além de vereador e prefeito de Bell Gardens, na Califórnia.

Como parte de sua plataforma política, García afirmou que apoia uma reforma migratória justa, um corte dos impostos para os proprietários de imóveis e não descartou a possibilidade de renegociar o tratado de livre-comércio com o México.

García é filho de mexicanos e diz entender a dinâmica da fronteira, por isso defende uma reforma migratória "justa que regularize o status daquelas pessoas que cruzaram a fronteira na busca de uma melhor vida, que pagam seus impostos e que não têm problemas com a lei".

"Eu acho que se deve fazer uma reforma que não atinja toda esta gente que esteve pagando seus impostos", sustentou.

No entanto, declarou que apoia a deportação de imigrantes que traficam drogas e que cometeram crimes graves. EFE ml/jp

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG