Aso é proclamado primeiro-ministro do Japão

TÓQUIO - Taro Aso, de 68 anos, foi proclamado hoje primeiro-ministro do Japão pela maioria dos votos obtida na Câmara Baixa, cujo resultado prevaleceu sobre a votação contrária no Senado, informou a agência local Kyodo.

EFE |

Dos 477 votos da Câmara dos Deputados, 337 foram para Taro Aso e 117 para Ichiro Ozawa, de 66 anos e líder do opositor Partido Democrático (PD).

Ozawa venceu no Senado, mas um comitê parlamentar conjunto proclamou Aso primeiro-ministro, pela prevalência da Câmara Baixa frente à Alta estipulada pela Constituição.

Aso, presidente do Partido Liberal-Democrata (PLD), substitui Yasuo Fukuda, de 72 anos, que amanhã completaria um ano no cargo, mas que anunciou sua renúncia no último dia 1º por dificuldades para governar por causa da oposição no Senado.

Fukuda foi precedido por Shinzo Abe, que também renunciou de forma surpreendente após apenas um ano de mandato, da mesma forma que o ex-chefe de governo.

Desafio econômico

Um dos desafios do governo do Japão é fazer a economia voltar a crescer vigorosamente.

O experiente político promete aumentar o gasto público para estimular a economia, sobretudo em áreas rurais, onde o PLD é tradicionalmente forte.

"Os Estados Unidos estão passando por uma crise financeira... nós não podemos deixar isso nos derrubar junto", disse Aso recentemente em um comício.

D urante a campanha, no entanto, ele foi acusado de pôr em risco os interesses de longo prazo do país com altos gastos. 

Leia mais sobre: Japão

    Leia tudo sobre: japão

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG