Ásia: 50 milhões de mulheres correm risco de infecção por HIV

Mais de 1,5 milhão de mulheres que vivem com o vírus da AIDS na Ásia foram infectadas por seus parceiros e outras 50 milhões correm o risco de serem infectadas, de acordo com um relatório divulgado nesta terça-feira pela Unaids (Promgrama da ONU contra a Aids).

AFP |

O relatório "Transmissão de Aids por parceiro de relacionamento íntimo" diz que as mulheres em risco de contrair o vírus são casadas ou vivem há muito tempo com um homem de "comportamento sexual de alto risco".

"São homens que fazem sexo com homens, usuários de drogas injetáveis, homens envolvidos com prostituição," afirma Prasada Rao, diretor regional da Unaids.

"Este é um problema de grande dimensão, que os países têm ignorado. É um desafio que não podemos ignorar" disse Rao aos repórteres durante o nono Congresso Internacional sobre a AIDS na Ásia e no Pacífico (ICAAP), que está sendo realizado no resort Ilha de Bali, na Indonésia.

Em 2008, as mulheres representavam 35% de todos os adultos infectados por Aids na Ásia, 17% acima do que em 1990, segundo o relatório.

Além disso, o documento mostrou que no Camboja, Índia e Tailândia, o maior número de novos casos de Aids ocorre entre mulheres casadas, e na Indonésia o vírus está se espalhando entre parceiros em relacionamentos duradouros e profissionais do sexo.

"Os fatos falam por si. Estima-se que mais de 90% do total de 1,7 milhão de mulheres com Aids na Ásia foram infectados por maridos e parceiros em relacionamentos de longo prazo", concluiu Rao.

mm/lm

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG