Asean pede a Mianmar libertação de réus políticos e eleições livres

Cha-am (Tailândia), 1 mar (EFE).- A Associação de Nações do Sudeste Asiático (Asean) pediu hoje à Junta Militar que governa Mianmar (antiga Birmânia) a libertação de todos os presos políticos, que permita a participação livre de partidos nas eleições que organizarão em 2010 e que coopere com a ONU.

EFE |

Assim explicou o primeiro-ministro da Tailândia, Abhisit Vejjajiva, em entrevista coletiva no final da XIV Cúpula da Asean realizada este fim de semana em Cha-am, a cerca de 155 quilômetros ao sul de Bangcoc.

Vejjajiva assinalou que os líderes presentes na reunião também expressaram a seu colega birmanês apoiou ao " mapa de caminho" projetado pelo regime militar de Mianmar para restabelecer a democracia. EFE grc/ma

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG