As matanças anunciadas na internet

O jovem alemão que matou 15 pessoas nesta quarta-feira antes de se suicidar havia anunciado seu ato em uma mensagem na internet horas antes, revelaram nesta quinta-feira autoridades locais.

AFP |

As matanças ou tentativas de assassinatos anunciadas na rede vêm se multiplicando há alguns anos.

- 13 de setembro de 2006 - CANADÁ - Um homem de 25 anos abriu fogo no colégio Dawson de Montrela, matando uma menina e ferindo 19 outras pessoas, para depois se suicidar. Antes, ele havia escrito no site "vampirefreaks.com" que "queria morrer sob uma chuva de projéteis", e "transformar este maldito mundo em cemitério".

- 18 de setembro de 2006 - CANADÁ - Um adolescente de 15 anos, suspeito de querer provocar uma matança em uma escola da região de Montreal, foi detido após ter proferido ameaças no mesmo site "vampirefreaks.com", onde o autor da matança na semana anterior tinha seu blog.

- 20 de novembro de 2006 - ALEMANHA - Um ex-aluno de uma escola técnica da Baixa Saxônia comandou uma matança em seu antigo estabelecimento de ensino, ferindo 37 pessoas antes de se matar. Com 18 anos, ele havia anunciado sua intenção pouco tempo antes na internet.

- 23 de maio de 2007 - AUSTRÁLIA - A polícia anunciou a detenção de dois adolescentes australianos de 16 anos, suspeitos de terem projetado um massacre em uma escola. Os dois adolescentes, que se comunicavam pela internet, tinham planejado uma matança como a do Columbine em Littleton (EUA), que deixou 13 mortos em 1999, e fizeram uma lista de vítimas potenciais, alunos e professores.

- 7 de novembro de 2007 - FINLÂNDIA - Um colegial de 18 anos disparou no estabelecimento em que estudava, o liceu Jokela de Tuusula (40 km de Helsinque), matando oito pessoas antes de se atirar uma bala na cabeça. Ele havia anunciado o crime em um vídeo difundido no YouTube chamado "Jokela High School Massacre, 7 de novembro de 2007".

- 9 de dezembro de 2007 - EUA - Um homem de 24 anos matou quatro pessoas a tiros perto de estabelecimentos religiosos no Colorado (oeste), com tiros de fuzil, a 120 km de distância e 12 horas de intervalo, e depois se suicidou. Ele havia divulgado on-line diversas mensagens de ameaças contra cristãos antes de cometer o crime.

- 28 de abril de 2008 - FRANÇA - Um colegial de 15 anos foi detido depois de ferir três colegas numa escola em Meyzieu (centroeste). Segundo os investigadores, ele havia "premeditado uma matança na internet", "com sete ou oito vítimas possíveis", e "estava muito inspirado nas matanças americanas".

- 8 de junho de 2008 - JAPÂO - Um fã de mangás matou sete pessoas num ataque em um bairro de Tóquio. Ele descreveu em detalhes seu massacre na internet.

- 23 de setembro de 2008 - FINLÂNDIA - Um estudante de 22 anos matou a tiros dez pessoas de sua turma no colégio de Kauhajoki (sudoeste), antes de se suicidar.

O autor do crime havia sido interrogado na véspera pela polícia depois de ter colocado no YouTube vídeos com ameaças e atirando com uma pistola.

Além disso, o autor de um ataque em 16 de abril de 2007, no campus da Virginia Tech nos EUA (32 mortos), enviou horas antes da carnificina ao canal de televisão NBC vídeos e fotos sua com armas nas mãos.

fm/lm

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG