Árvore genealógica de Confúcio tem quase dois milhões de pessoas

A árvore genealógica da família do célebre filósofo chinê Confúcio tem atualmente quase dois milhões de pessoas, três vezes mais que a anterior, informa o jornal Global Times.

AFP |

A nova lista, que inclui pela primeira vez membros de minorias étnicas, mulheres e chineses do exterior, foi apresentada em Qufu, cidade natal de Confúcio em Shandong, por ocasião do 2.560º aniversário de nascimento.

De acordo com o comitê de compilação genealógica de Confúcio, a árvore - apresentada como a maior do mundo pelos chineses - havia sido revisada pela última vez em 1937 (com 560.000 membros).

A lista, de 43.000 páginas, ocupa 80 volumes.

Confúcio - considerado um pensador retrógrado por Mao Tse-Tung - foi recuperado nos últimos anos pelo regime comunista, que adotou os princípios de harmonia social e respeito à autoridade defendidos pelo filósofo.

frb/fp

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG