Madri, 9 jan (EFE).- Uma árvore de Natal de chocolate, que ficou instalada em uma estação ferroviária de Madri, conseguiu ser inscrita como a mais alta do mundo pelo Guinness, o livro dos recordes, anunciou hoje a Administração de Infra-estruturas Ferroviárias (ADIF) espanhola e a ONG Intermón Oxfam.

A árvore, de 6,5 metros de altura, foi coberta de chocolate e instalada na estação de Chamartín entre 11 de dezembro e 5 de janeiro.

Para sua confecção, foram usados 300 quilos de chocolate branco, com o trabalho de uma equipe de seis pessoas.

Um tabelião se certificou da altura da árvore e os dados foram enviados à sede do Guinness, em Londres, para avaliação.

A entidade considerou as provas válidas e inscreveu a árvore de Natal de chocolate como a mais alta do mundo, já que supera em 30 centímetros o até então recorde mundial, elaborado em 2006 na cidade americana de Chicago. EFE jgb/an

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.