Arquidiocese de Chicago pagará US$ 1,375 mi por processo de abuso sexual

Washington, 18 dez (EFE).- A arquidiocese católica de Chicago anunciou hoje que concordou em pagar US$ 1,375 milhão em um acordo extrajudicial após ser processada por abusos sexuais.

EFE |

Fontes judiciais disseram que o acusado, o sacerdote Czeslaw Przybylo, teria abusado de um adolescente entre 1987 e 1992.

Durante esse período, o sacerdote estava em uma igreja do setor de Brighton Park. Atualmente, ele trabalha como pastor em um centro que afirma ser católico, mas que é independente da Igreja Católica, disseram as fontes.

Jeff Anderson, advogado do litigante, que não teve sua identidade revelada, disse que este vive no estado de Illinois e que apresentou a acusação contra Przybilo há dois anos.

Acrescentou que a arquidiocese tinha conhecimento das denúncias contra o sacerdote, mas nunca tomou medidas para apresentar acusações criminais contra ele.

O processo chegou ao fim um dia depois de a arquidiocese concordar em pagar, também de forma extrajudicial, US$ 1,2 milhão a um adolescente e a sua mãe, que acusaram o sacerdote Daniel McCormack de abusos sexuais.

Há um ano, McCormack se declarou culpado de abusos sexuais cometidos contra outras cinco crianças e foi condenado a cinco anos de prisão.

A Igreja Católica dos EUA vem sofrendo uma onda de processos contra suas autoridades por abusos sexuais cometidos por seus sacerdotes.

Um relatório do Colégio John Jay de Justiça Criminal assinalou recentemente que 10.667 pessoas acusaram 4.392 sacerdotes por abusos sexuais cometidos entre 1950 e 2002. EFE ojl/mh

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG