Arqueólogos encontram manteiga centenária na Austrália

Sydney (Austrália), 16 dez (EFE).- Arqueólogos da Nova Zelândia encontraram na Antártida dois blocos de manteiga intactos, abandonados no continente gelado há quase um século pela expedição fracassada do explorador britânico Sir Robert Falcon Scott para chegar ao Polo Sul.

EFE |

A manteiga foi achada em bolsas espalhadas pelo solo de uma tenda de campanha utilizada pelos homens de Scott na base de Cape Evans, informou hoje a televisão neo-zelandesa.

O extremo frio polar preservou o alimento, embora a cientista Lizzie Meek tenha dito, em tom de brincadeira, que "o cheiro era tão forte que não tenho certeza de que gostaria de comê-la".

Scott iniciou em Cape Evans uma famosa expedição para ser o primeiro homem em alcançar o Polo Sul.

Acompanhado de outros quatro pesquisadores, o explorador britânico levou quase dois anos para chegar ao ponto mais meridional do planeta, em 17 de janeiro de 1912, mas cinco semanas antes a expedição do norueguês Roald Amundsen já tinha cumprido a jornada.

Depois do fracasso, Scott e seus companheiros morreram durante a viagem de volta.

Há um mês, outra equipe neozelandesa achou na Antártida duas caixas de uísque escocês pertencentes a uma expedição ao continente gelado liderada pelo irlandês Ernest Shackleton. EFE aus/fm

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG