Arqueólogos encongram vestígios de casa da Idade da Pedra em Tel Aviv

Os vestígios de uma casa da Idade de Pedra, há 8.000 anos, foram encontrados durante a construção de um bloco de apartamentos em Ramat Aviv, subúrbio de Tel Aviv, anunciou o Departamento de Antiguidades israelense.

AFP |

"Esta casa da época do neolítico é a mais antiga jamais encontrada na região de Tel Aviv", declarou à AFP Ayelet Dayan, o arqueólogo que coordena as escavações.

"É a primeira vez que temos provas da presença tão antiga de uma população sedentária na região", completou Dayan.

São vestígios de um edifício de mais de 125 metros quadrados, constituído por três peças utilizadas, ao que parece, por famílias distintas.

Os moradores viviam dos resultados de gado. Esta área, próxima do rio Yarkon, foi habitada há milênios, como atestam as pontas talhadas encontradas na região e que datam de 100.000 anos. Também foram exumados ossos de hipopótamo perto do rio.

ms/fp

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG