Armênia e Turquia traçam plano para normalizar relações

Yerevan, 23 abr (EFE).- Turquia e Armênia fixaram um plano no processo negociador para a normalização de suas relações, informou hoje o Ministério de Assuntos Exteriores armênio.

EFE |

"Armênia e Turquia, com a mediação da Suíça, desenvolveram um intenso trabalho a fim de normalizar as relações bilaterais e seu desenvolvimento no espírito da boa vizinhança e respeito mútuo, e propiciar assim a paz, a segurança e a estabilidade em toda a região", assinala o texto divulgado pela Chancelaria.

Segundo a nota, "neste processo, as partes alcançaram progressos importantes e entendimento, e chegaram a um acordo que satisfaz as duas partes sobre os marcos gerais de normalização das relações bilaterais".

O Governo de Ancara tem uma série de condições para o estabelecimento de relações, como a renúncia da Armênia a sua política de exigir o reconhecimento internacional do genocídio dos armênios pelos turcos, assim como a regra ao conflito de Nagorno-Karabakh.

As autoridades turcas respaldam o Azerbaijão, que reivindica a libertação dos territórios ocupados pelas tropas armênias e a soberania sobre Nagorno-Karabakh.

A Armênia expressou sua disposição de normalizar as relações com a Turquia sem nenhuma condição prévia.

Há dois anos, os dois países mantêm negociações com a mediação da Suíça.

No ano passado, o presidente da Turquia, Abdullah Gül, visitou Yerevan, convidado por seu colega armênio, Serge Sargsian, para presenciar uma partida de futebol entre as duas seleções.

Para outubro deste ano, está prevista uma visita do chefe do Estado armênio a Istambul. EFE at/mh

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG