Arias diz que só espera conversa com Zelaya para confirmar mediação

San José, 7 jul (EFE).- O presidente da Costa Rica, Óscar Arias, afirmou hoje que está somente à espera da conversa com o deposto governante de Honduras, Manuel Zelaya, para confirmar oficialmente seu papel como mediador na crise política que esse país atravessa.

EFE |

A secretária de Estado americana, Hillary Clinton, anunciou hoje que Arias será o mediador no conflito político hondurenho, o que líder costarriquenho confirmou em entrevista coletiva.

"É uma honra muito grande para mim e para a Costa Rica poder ajudar a resolver o conflito que ocorreu em Honduras", assinalou.

Após o anúncio feito por Hillary, Arias ressaltou que vai conversar com Zelaya ainda hoje por telefone para confirmar que ele também concorda com esta decisão, pois "uma mediação só faz sentido se é captada pelas duas partes".

O presidente costarriquenho reconheceu ainda que esta manhã recebeu uma ligação do novo governante hondurenho, Roberto Micheletti, para pedir sua cooperação na busca por uma saída política à crise desencadeada após o golpe de Estado de 28 de junho.

De Washington, onde estava reunida com Zelaya, Hillary enfatizou que a prioridade de seu país é fazer com que as duas partes em Honduras iniciem o diálogo direto. EFE nda/mh

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG