Argentina supera Uruguai e entra para o Guinness com maior assado do mundo

13,7 toneladas de carne bovina foram doadas por uma empresa frigorífica

EFE |

A cidade argentina de General Pico conseguiu nesse domingo um novo recorde e entrou para o Guinnes ao fazer o maior assado do mundo, com 13,7 toneladas de carne bovina, tirando a marca que desde 2008 Montevidéu ostentava.

O apetitoso e abundante

EFE
Assado foi saboreado por cerca de 20 mil pessoas
que foram à sede da Sociedade Rural de General Pico, na província central de La Pampa, em uma festa beneficente de instituições da cidade.

Segundo informou o Governo de La Pampa em comunicado, os 13.713 quilos de carne crua, doados por uma empresa frigorífica local, deram como resultado, após serem assados, 9.132 quilos de carne cozida. O governador de La Pampa, Oscar Mario Jorge, que foi saborear o assado, disse que este recorde é também um reconhecimento a sua província "como uma das que tem as melhores carnes do mundo".

Segundo fontes da organização do assado consultadas pela Agência Efe, para conseguir este marco foram necessárias 475 vacas e 30 toneladas de lenha. O gigantesco assado também demandou o trabalho de cerca de 600 cozinheiros que se reuniram em General Pico, a 575 quilômetros ao sudoeste de Buenos Aires.

Até esta façanha conseguida na Argentina, o recorde do "maior assado do mundo" era de Montevidéu desde o dia 13 de abril de 2008, quando foram assadas 12 toneladas de carne bovina na capital uruguaia.

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG