Argentina respalda presidente do Paraguai após denúncia de conspiração

Buenos Aires, 1 set (EFE).- O Governo da Argentina se mostrou hoje preocupado com as denúncias de conspiração lançadas pelo presidente do Paraguai, Fernando Lugo, e enviou um sinal de respaldo ao governante.

EFE |

O chanceler argentino, Jorge Taiana, conversou na tarde de hoje com as autoridades da Chancelaria paraguaia para transmitir-lhes "o respaldo do Governo argentino".

"Taiana quer manifestar sua preocupação e reitera seu mais firme respaldo à institucionalidade democrática do Paraguai e ao Governo do presidente Lugo", disse a Chancelaria argentina em comunicado.

Fernando Lugo denunciou hoje, duas semanas após assumir o poder, um projeto para desestabilizar seu Governo planejado por seu antecessor, Nicanor Duarte, e o general reformado Lino Oviedo.

O ex-bispo informou que o general Máximo Díaz Cáceres, que faz a ligação das Forças Armadas com o Parlamento, participou no domingo à noite de uma reunião na residência de Oviedo, ex-candidato presidencial e líder da terceira força política do país. EFE nk/mh

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG