Argentina propõe reunião do Mercosul por crise global

BUENOS AIRES (Reuters) - O governo da Argentina propôs um encontro em breve de chanceleres e ministros da Economia do Mercosul para analisar o contexto da crise financeira global. O chanceler argentino, Jorge Taiana, disse a um canal de notícias que se busca para os próximos dias uma reunião do Conselho de Mercado Comum (CMC) do bloco regional.

Reuters |

"Hoje (quarta-feira) justamente havia uma reunião do Mercosul no Brasil e eu falei com o presidente (Luiz Inácio Lula da Silva) para que se convoque para breve uma reunião do Conselho, porque parece óbvio que estamos vivendo momentos muito transcendentes e é preciso trocar opiniões por várias razões", declarou Taiana ao canal C5N.

"Primeiro, porque é preciso trocar informação; segundo, porque é preciso buscar coordenar posições e ter respostas comuns e, sobretudo, é preciso ter uma apreciação da evolução desta situação", completou.

A presidência temporária do Mercosul é do Brasil.

(Reportagem de Jorge Otaola)

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG