maior relação do Mercosul com Austrália e Nova Zelândia - Mundo - iG" /

Argentina procura maior relação do Mercosul com Austrália e Nova Zelândia

Buenos Aires, 16 abr (EFE).- O chanceler argentino, Jorge Taiana, recebeu hoje o ministro de Comércio australiano, Simon Crean, com quem acordou impulsionar uma maior relação dos países que integram o Mercosul com a Austrália e a Nova Zelândia.

EFE |

"Avançou-se na decisão de impulsionar uma maior relação entre o CER (acordo de integração econômico entre Austrália e Nova Zelândia) e o Mercosul (formado por Argentina, Brasil, Uruguai e Paraguai), levando em conta a complementaridade de ambas as economias", destacou Taiana após o encontro.

O chanceler argentino explicou que dialogaram sobre "grandes temas multilaterais, como a participação dos dois países no G20 e na Rodada de Doha" da Organização Mundial do Comércio (OMC).

Também se analisou a possibilidade de uma associação entre a linha aérea australiana Qantas e a estatal Aerolineas Argentinas para dar uma maior expansão ao tráfico aéreo e potencializar o turismo e as possibilidades de negócios.

"Somos dois países de tamanho parecidos e desenvolvimento em áreas significativas da economia, além de ter consensos em temas de comércio e também de política", enfatizou o funcionário argentino.

Além disso, Taiana e Crean estudaram a cooperação bilateral em matéria nuclear, os investimentos australianos na área de mineração e a troca de tecnologia em agropecuária.

Crean chegou à Argentina no marco de uma viagem pela região, que também inclui Brasil, Chile, México e Uruguai, países que têm um potencial enorme como parceiros regionais comerciais para a Austrália, disse o ministro australiano. EFE ms/ma

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG