Argentina procura colombiano acusado de atentado contra a AMIA

O Ministério Público da Argentina recomendou a expedição de mandato de detenção internacional contra um colombiano acusado de envolvimento em atentado contra a Associação Mutual israelita AMIA em 1994, que deixou 85 mortos e 300 feridos.

AFP |

A AMIA éa um centro da comunidade judaica localizado em Buenos Aires, tendo como principal missão promover o bem-estar e o crescimento do espírito judaico na Argentina.

Segundo o promotor Alberto Nisman, foi apresentado o pedido de detenção e captura internacional do responsável pela conexão local, o colombiano Samuel Salman El Reda". Aproveitou para entregar à imprensa uma fotografia do colombiano "casado com a argentina de nome Silvina Sain desde 1989 e que fazia parte do núcleo mais radical da comunidade muçulmana residente" no país.

A Justiça argentina havia pedido anteriormente a captura internacional de ex-altos funcionários do Irã, também acusados de terem organizado e praticado o atentado.

ls-ial/sd

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG