emergência sanitária diante do avanço da gripe - Mundo - iG" /

Argentina pode declarar emergência sanitária diante do avanço da gripe

Buenos Aires - As autoridades de saúde da Argentina confirmaram hoje que podem declarar emergência sanitária em todo o país na semana que vem por causa do avanço da gripe suína, que até agora já causou 26 mortos e contaminou 1.587 pessoas.

EFE |

"A emergência não significa que fecharemos tudo. É uma referência para disponibilizar a compra de remédios de forma direta ou para mobilizar pessoal", declarou o ministro da Saúde da província de Buenos Aires, Claudio Zin, onde há o maior número de doentes e vítimas fatais.

Zin insistiu que, com esta medida de alerta, pedida há vários dias por organizações de médicos, "há um marco de referência para tomar decisões rápidas" para combater a doença.

"Não significa que devemos fechar escolas, shopping centers ou suspender viagens de metrô", ressaltou.

Desta forma, o ministro confirmou informações de porta-vozes do "comitê de crise" contra a gripe criado pelo Governo argentino, segundo as quais se estuda declarar a emergência nacional na próxima semana, depois das eleições legislativas deste domingo.

Organizações de saúde já afirmaram que o número de pessoas infectadas pela doença na Argentina "é substancialmente maior" do que o oficial e que os hospitais estão "à beira do colapso".

Apesar do nome, a gripe suína não apresenta risco de infecção por ingestão de carne de porco e derivados.

Entenda

Leia também:

    Leia tudo sobre: gripe suínamortospandemia

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG