Argentina já tem 100 casos da gripe

Buenos Aires, 31 mai (EFE).- A Argentina já tem 100 casos da gripe suína, depois que as autoridades de saúde confirmaram hoje 20 novos infectados no país, onde se estuda também se um homem morreu pelo vírus AH1N1.

EFE |

Porta-vozes do Ministério da Saúde informaram que seguem em estudo outros 371 casos, em sua maioria relativos a alunos dos colégios que tiveram casos da gripe.

Uma escola de Buenos Aires anunciou neste sábado a suspensão das aulas por 14 dias depois da confirmação de um caso positivo em um aluno.

O colégio se soma a outros seis estabelecimentos de Buenos Aires e sua periferia onde houve infectados, o que obrigou a que fechassem temporariamente as portas.

Na província de Jujuy (norte), próxima à Bolívia, um homem de 29 anos morreu devido a uma infecção respiratória e as autoridades locais não descartam que se trate do primeiro caso fatal da gripe no país.

"Não há nexo epidemiológico para afirmar que se trata de um caso dessa influenza, mas enviamos as mostras ao Instituto Malbrán para descartar essa possibilidade, já que há alguns dias este homem teve contato com pessoas chilenas que estavam infectadas", disse o secretário da Saúde de Jujuy, Víctor Urbani, ao diário "La Nación".

Os casos de pessoas infectadas pelo vírus da gripe no mundo são 15.510 em 53 países, dos quais 99 derivaram em morte, segundo as últimas informações da Organização Mundial da Saúde (OMS).

Apesar do nome, a gripe suína não apresenta risco de infecção por ingestão de carne de porco e derivados. EFE ms/rr

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG