Argentina inaugura observatório de raios cósmicos

O observatório Pierre Auger, o maior em termos internacionais dedicado ao estudo dos raios cósmicos, será inaugurado nesta sexta-feira em Malargüe, região oeste da Argentina.

AFP |

O laboratório, que começou a ser construído em 1990 a um custo de 53 milhões de dólares investidos por 17 países, conta com uma rede de 1.600 detectores de superfície e quatro de fluorescência para estudar os mistérios associados com os raios cósmicos, as partículas que chegam à Terra com energias dez milhões de vezes superiores às que podem ser obtidas com o maior acelerador de partículas do mundo.

Os países que participam no projeto são Alemanha, Argentina, Austrália, Bolívia, Brasil, Eslovênia, Espanha, Estados Unidos, França, Holanda, Itália, México, Polônia, Portugal, República Tcheca, Reino Unido e Vietnã.

jos/cn

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG