Argentina é bicampeã olímpica no futebol em revanche de 96

A Argentina conquistou pela segunda vez consecutiva um título que permanece inédito para o futebol brasileiro: a medalha de ouro olímpica. Campeã em Atenas-2004, a seleção argentina repetiu a conquista ao derrotar a Nigéria por 1 a 0, no Estádio Nacional de Pequim (o Ninho de Pássaro).

BBC Brasil |

No primeiro tempo da decisão, a Argentina manteve a posse de bola por mais tempo, mas os nigerianos permaneceram seguros na defesa.

Em rápidos contra-ataques, a seleção da Nigéria chegava a ser mais perigosa, principalmente quando a bola passava pelo meia Victor Obinna.

Na segunda etapa, a equipe argentina voltou mais organizada e tirou proveito de passes rápidos no meio-campo para chegar com mais eficiência ao ataque.

Aos 13 minutos do segundo tempo, o atacante Lionel Messi deixou o companheiro Angel di Maria na cara do gol.

O meia argentino não disperdiçou a chance e com um belo toque encobriu o goleiro nigeriano Ambruse Vanzekin para marcar o gol do título.

O resultado foi uma revanche para os argentinos, que haviam perdido o ouro para os nigerianos na decisão do torneio de futebol masculino dos Jogos Olímpicos de Atlanta-1996.

Na semifinal em Pequim, a Argentina derrotou a seleção brasileira por 3 a 0. O Brasil acabou com a medalha de bronze depois de vencer a Bélgica na disputa pelo terceiro lugar, também por 3 a 0.

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG