Argentina e África do Sul assinam acordos de cooperação militar

Acordo compreendem cooperação nas áreas de ciência, tecnologia e produção para a defesa

EFE |

A ministra de Defesa argentina, Nilda Garré, recebeu neste sábado em Buenos Aires sua colega da África do Sul, Lindiwe Sisulu, com a qual assinou acordos de cooperação militar entre ambos os países, informaram fontes oficiais.

Os acordos, que compreendem a cooperação em ciência, tecnologia e produção para a defesa, foram assinados no navio de guerra sul-africano "Sas Drakensberg", que está encalhado no porto da capital argentina, segundo informou o Ministério da Defesa em comunicado.

As ministras acordaram trabalhar no estabelecimento de operações combinadas e cooperar em "campanhas antárticas, operações de manutenção da paz, busca e resgate no Atlântico Sul e troca de alunos", destacou Garré, para quem estes acordos contêm "um enorme potencial de trabalho conjunto".

"Sinto um verdadeiro orgulho de que duas mulheres sejam as ministras de Defesa e que hoje estejamos assinando este primeiro acordo de cooperação em matéria militar entre nossas nações, que transitam um verdadeiro estado democrático de direito", afirmou.

A ministra argentina também destacou a "exemplar história pessoal" de sua colega sul-africana "em sua luta contra a discriminação e a plena vigência das liberdades, dos direitos humanos e da democracia em seu país".

Para Lindiwe este acordo chega "em uma circunstância muito propicia para a paz na região", e assegurou que seu país está especialmente preocupado com "a pirataria e o terrorismo" nos mares do mundo.

Nilda aproveitou seu encontro com a ministra sul-africana para voltar a denunciar as "ações unilaterais" britânicas "tanto em matéria de formas pesqueiras, prospecção de hidrocarbonetos e até exercícios militares nas ilhas Malvinas", cuja soberania é disputada por Argentina e Reino Unido.

    Leia tudo sobre: argentinaafrica do sulacordos

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG