Buenos Aires, 5 nov (EFE).- O Governo argentino afirmou hoje que a vitória do democrata Barack Obama nas eleições presidenciais dos Estados Unidos é um mensagem de esperança, e uma comprovação de que se está fechando um ciclo mundial dominado pelo neoliberalismo e pelo unilateralismo.

"A vitória de Obama é o triunfo de uma maioria que estava profundamente postergada há muito tempo", disse o ministro das Relações Exteriores da Argentina, Jorge Taiana, a jornalistas.

Depois de inaugurar, em Buenos Aires, um seminário de negócios de empresários locais e russos, Taiana comemorou a vitória do candidato afro-americano e pediu a construção de um mundo mais equitativo.

Opinou que "este mundo está esgotado", e atualmente "diante de uma profunda crise econômica" na qual está imerso, "requer um desenho, diálogo e visão diferentes".

"É preciso dialogar, fazer participar diferentes atores, como a Argentina, que tem muito o que dizer sobre como se constrói uma nova ordem internacional e o multilateralismo, como se avança em um mundo multipolar e como se ++rearma++ a arquitetura de um sistema financeiro que demonstrou que não está a serviço das maiorias", disse.

Taiana insistiu em que a atual crise financeira requer "uma solução global", após afirmar que os países em desenvolvimento não devem pagar pelos problemas dos países desenvolvidos.

O chanceler argentino destacou que seu país tem há vários anos relações "cordiais e maduras" com os Estados Unidos, além de valores sociais compartilhados, "como a democracia, a liberdade e o respeito ao indivíduo". EFE cw/an

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.