Argentina convidará Brasil a defender OIT em reuniões do G20

Buenos Aires, 21 abr (EFE).- A presidente da Argentina, Cristina Fernández de Kirchner, antecipou hoje que convidará o Brasil a promover de forma conjunta que a Organização Internacional do Trabalho (OIT) faça parte das discussões do Grupo dos Vinte (G20, que reúne os países mais ricos e os principais emergentes).

EFE |

"A OIT deveria estar no G20 porque a solução para a crise internacional passará pelo trabalho", assegurou a governante ao encerrar um seminário do organismo na sede da Chancelaria argentina.

Cristina disse que convidará o presidente Luiz Inácio Lula da Silva, que nesta quarta-feira chegará a Buenos Aires, a que se junte à iniciativa, ao considerar fundamental que empresários e trabalhadores participem dos debates do G20.

"Enviar à OIT uma carta com o que se resolveu no G20 não é apropriado nem prático, porque nos trabalhadores e empregadores está a grande solução para a crise", afirmou.

Segundo ela, os sindicatos estão entre os "mais afetados" pela atual conjuntura internacional e são os "mais interessados" em que se resolvam todos os problemas, embora tenha esclarecido que banqueiros e empresários também "querem uma solução".

Cristina lembrou que o presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, destacou em seu primeiro discurso como líder a importância dos sindicatos, ao assinalar que "não eram o problema, mas a solução". EFE cw/rr

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG