Argentina chama vitória de Obama de marco na luta pela igualdade

Buenos Aires, 5 nov (EFE).- A presidente da Argentina, Cristina Fernández de Kirchner, enviou uma carta de felicitação a Barack Obama por sua vitória nas eleições presidenciais dos Estados Unidos, cujo resultado considerou um grande marco na luta pela igualdade social.

EFE |

"O ciclo que se abre hoje em seu país é, antes de tudo, um grande marco de uma das epopéias mais apaixonantes da história, a luta contra a discriminação e a favor da igualdade de oportunidades", assinala a mensagem a Obama divulgada hoje pelo Governo argentino.

"Todas as minorias do mundo olham com grandes ilusões como o senhor caminha junto a elas, como o mundo marchou com Martin Luther King", destacou.

Para Cristina, "em momento de crise econômica global" fazem falta "medidas audazes e inovadoras" e "ações conjuntas".

"Tenho certeza que muitos americanos lembraram em 4 de novembro as palavras do reverendo King", comentou.

"Esse dia chegou, é um momento de grande alegria, e ao mesmo tempo surge a necessidade de lembrar aos homens que perderam a vida nessa luta", diz o texto da presidente argentina.

"Sei que contamos com o senhor e quero que saiba que pode contar com a minha sincera amizade", conclui Cristina na carta dirigida ao presidente eleito americano. EFE alm/rr

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG