Argentina: ato de comemoração do aniversário de Israel é invadido por antisemitas

Pelo menos um policial ficou ferido e cinco pessoas foram detidas neste domingo em Buenos Aires, em um ato de comemoração dos 61 anos de criação do Estado de Israel organizado pela comunidade judaica argentina, que foi invadido por um grupo de antissemitas, informou uma fonte da polícia.

AFP |

Membros da comunidade judaica argentina, a mais numerosa da América Latina, realizavam uma cerimônia em frente à prefeitura de Buenos Aires para comemorar o aniversário de Israel, quando um grupo de pessoas chegou ao local com cartazes antissemitas e agrediu alguns dos presentes, segundo o porta-voz citado pela agência oficial Télam.

O embaixador de Israel na Argentina, Daniel Gazit, que participava do ato, precisou ser retirado do local por agentes da polícia, que o levaram para o interior da sede da prefeitura.

"Isso é uma ameaça à democracia", alertou Gazit, afirmando que "essas pessoas querem a violência e aproveitam cada oportunidade para que não se possa festejar com tranquilidade".

Agentes da brigada Antidiscriminação intervieram para combater os invasores. Um policial ficou ferido e cinco pessoas foram presas, informou a Télam.

jos/ap

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG