Tamanho do texto

Buenos Aires, 11 set (EFE).- O Governo da Argentina acusou hoje os Estados Unidos do uso indevido de uma causa judicial com fins políticos subalternos pelo chamado caso da valise, que está sendo analisado em um tribunal de Miami.

A Chancelaria afirmou que o promotor Tom Mulvihill deu "declarações irresponsáveis" em base "de material armado e produzido" pelo FBI, segundo o qual US$ 800 mil apreendidos em 2007 com um empresário venezuelano eram para a campanha eleitoral da presidente argentina Cristina Fernández de Kirchner. EFE alm/fal

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.