Argélia e Líbia atuam em conjunto contra Al Qaeda

Argel, 26 mar (EFE).- O Exército argelino e o líbio realizam uma ampla operação conjunta perto das fronteiras entre os dois países contra a Al Qaeda no Magrebe Islâmico (AQMI), na qual mataram vários ativistas e apreenderam armamento, afirmou hoje o jornal El Khabar.

EFE |

Na operação, foram mobilizados cerca de 2 mil efetivos da parte argelina, incluindo forças especiais, paraquedistas e unidades de controle de fronteiras da Gendarmaria (Polícia militarizada).

As autoridades líbias colaboram com aviões militares que rastreiam uma área em território deste país, onde foi localizado um grande grupo terrorista armado.

O jornal afirma que vários ativistas morreram na operação, mas não precisa o número, e afirma que, entre os mortos, estão vários cidadãos estrangeiros, principalmente do Mali e Níger.

Os militares argelinos apreenderam armamento pesado, assim como vários veículos utilizados pelos membros da Al Qaeda para se deslocar na vasta região desértica na fronteira entre os dois países.

Segundo a mesma fonte, a operação, iniciada na região de Taleb Larbi, começou graças às informações oferecidas por um membro da AQMI, de 45 anos, que se entregou recentemente às autoridades argelinas. EFE sk-jg/an

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG