Argélia: Ataque em academia policial mata dezenas

Pelo menos 43 pessoas morreram e 38 ficaram feridas em uma explosão em um centro de treinamento policial na cidade de Issers, a 60 quilômetros da capital, Argel, informou o ministério do Interior argeliano. Há relatos de que um suicida teria dirigido um carro repleto de explosivos até a entrada principal da academia policial e teria detonado os dispositivos ao entrar no local.

BBC Brasil |

Segundo as informações, entre os mortos estão recrutas policiais e civis.

A notícia do ataque veio depois da divulgação, pela imprensa argeliana, de uma emboscada contra um comboio, no domingo, que teria deixado 11 policiais e soldados mortos em Argel. De acordo com as informações publicadas na mídia, extremistas islâmicos seriam os responsáveis pela emboscada e quatro deles também teriam morrido no ataque.

Nenhum grupo assumiu a autoria dos atentados, mas radicais islâmicos ligados à rede terrorista al-Qaeda confirmaram que estavam por trás de outras explosões que ocorreram no país nas últimas semanas.

No dia 10 de agosto, um ataque suicida deixou oito pessoas mortas em um resort localizado em uma praia na Argélia.

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG