Arcebispo Desmond Tutu pede apoio a tratado sobre controle de armas

O arcebispo sul-africano Desmond Tutu, grande figura da luta contra a segregação racial em seu país, pediu na noite de terça-feira aos países membros da ONU que interrompam a matança provocada pelo comércio sem regras de armas de pequeno calibre.

AFP |

Ele defendeu a aprovação de um tratado que proíba a comercialização deste tipo de armamento.

Em uma mensagem aos representantes dos 192 Estados membros, o Prêmio Nobel da Paz de 1984 destacou que "a violência a mão armada causou a morte de 750.000 pessoas no mundo nos últimos dois anos".

ga/fp

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG