selvagem é pecado - Mundo - iG" /
Publicidade
Publicidade - Super banner
Mundo
enhanced by Google
 

Arcebispo de Munique afirma que especulação selvagem é pecado

Berlim, 26 out (EFE) - O arcebispo de Munique e Freising, Reinhard Marx, afirmou que a especulação selvagem é um pecado e advertiu do auge do socialismo na América Latina por causa da atual crise financeira, em entrevista publicada amanhã pela revista Der Spiegel. Um populismo de esquerda na Venezuela é tão perigoso quanto um populismo de direita. O messianismo político sempre é perigoso, afirma Marx.

EFE |

O arcebispo, que publicou um livro com o título "Capital", afirma que a economia deve ser redesenhada conforme normas éticas, e pede uma nova ordem tanto econômica quanto política.

"Essas regras do jogo devem ter uma qualidade ética. Nesse sentido, a doutrina social da Igreja é crítica para com o capitalismo", destacou.

O arcebispo adverte ainda de que "velhas ideologias" -em alusão ao socialismo- estão ressurgindo, como já havia alertado o papa João Paulo II, devido à expansão do "radicalismo radical".

"Um capitalismo sem um marco regulatório é hostil às pessoas", afirma o religioso, que acrescentou que "o capitalismo selvagem é um pecado" por sua relação direta com a "cobiça".

O arcebispo destacou que o sistema bancário deve empreender "uma mudança de rumo", mas pede que também façam isso "todos os que pensam que, sem trabalhar, é possível se tornar rico" e aqueles que "especulam sem levar em conta as conseqüências".

O religioso lamenta também que a doutrina social da Igreja seja considerada por "alguns regimes latino-americanos como superada ou perigosa", mas sustenta que seus princípios de reforma social devem ser aplicados na renovação do sistema.

"Não conseguiremos um mundo ideal, mas devem ser mudadas as estruturas", ressalta o arcebispo, que defende que as melhoras devem ser encaminhadas em direção a "um Estado social" e uma "globalização justa".

"Os pobres e desfavorecidos devem ter uma oportunidade", acrescenta. EFE nvm/db

Leia tudo sobre: iG

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG