Arcebispo de Chicago pagará US$ 12 mi a vítimas de padres pedófilos

O arcebispo de Chicago concordou nesta terça-feira em pagar cerca de 12 bilhões de dólares a 16 cidadãos americanos vítimas de padres pedófilos, ao final de um longo processo de mediação, informou a Igreja.

AFP |

O acordo é mais uma etapa das negociações envolvendo vítimas de padres pedófilos nos Estados Unidos, onde apenas em 2007 a Igreja Católica pagou 615 milhões de dólares, incluindo 526 milhões para encerrar ações na Justiça, 23 milhões em auxílio às vítimas e 60 milhões de gastos advocatícios.

Em Chicago, a Igreja fechou acordos com 14 vítimas de abusos cometidos por dez padres, entre 1962 e 1994, e aceitou indenizar outras duas pessoas, vítimas do padre Daniel J. McCormack, atualmente preso.

"Minha esperança é que este acordo ajude às vítimas e suas famílias a seguir em frente", declarou o presidente da Conferência Episcopal americana, cardeal Francis George.

"Mais uma vez, peço desculpas às vítimas, a suas famílias e a toda a comunidade católica. Devemos seguir fazendo tudo ao nosso alcance para poder garantir a segurança das crianças sob nossos cuidados".

Segundo a organização "Bishop accountability" ("Responsabilidade Episcopal"), mais de 4 mil dos 42 mil padres dos Estados Unidos já foram denunciados por abusos sexuais contra crianças.

lum/LR

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG